Boa Tarde! Ter�a-feira, 11 de Dezembro de 2018

Blog

Sociedade

A CASA E A CULTURA

A casa que conheço

É rica em estrutura,

É rica em história.

Vista sempre como futura,

No passado de agora.

 

Na casa há objetos

Que falam por si só,

Pena que estejam esquecidos

neste estado de dar dó.

 

A casa  foi refúgio,

Também morada de foragido.

Lá prenderam nego cosme,

escurraçaram, agrediram,

humilharam, perseguiram,

o chamaram de bandido.

 

Lá recebi atenção e ajuda,

Econtrei amigos, exorcizei  loucura.

Hoje, alí há só o vazio,

Sem júbilo ou regozijo.

NADA de orgulho, NADA de risos,

Naquela casa hoje obscura

Onde está a cultura?


Atenção: Para comentar é preciso estar logado. Logue-se agora ou clique aqui para cadastrar-se.

Comentários (1)

  • que tal que o poder público olha-se para cultura, para sua própria história.

    Raimundo